Quem sou eu

Minha foto

Durante muitos anos mergulhei em diversas áreas de conhecimento com o objetivo de produzir livros. Estudei filosofia clássica, filosofia moderna, diversos temas de psicologia, pedagogia, sociologia e diversos conhecimentos relacionados a filosofia e a medicina oriental, a qual podemos incluir o budismo, a prática zen japonesa e as medicinas tibetanas, indianas e chinesa.

Agora me considero pronto. Serão dez livros em dez anos. O primeiro #livro já saiu, em 2015, intitulado "Quando os anjos caminham sem asas"

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Tico Santa Cruz

Hoje tive a oportunidade de ler uma afirmação do cantor Tico Santa Cruz afirmando que a paz não existe. Em um mundo cheio de injustiças, com pessoas sofrendo, diz ele, a paz é um sentimento somente de ignorantes ou insensíveis. 

Caso Tico Santa Cruz tivesse a oportunidade de conhecer o mestre Young, personagem do livro "Quando os Anjos Caminham sem Asas", teria a oportunidade de aprender que a caminhada na linha do exagero sempre revela um padrão de desequilíbrio. Até mesmo paz demais está em desequilíbrio ou errado. O que não invalidada a legitimidade deste sentimento neste mundo que vivemos. Ele diria que Podemos sim ter paz, cientes dos problemas do mundo, da própria vida mas de forma alguma renegando a sensação, o sentimento. 

Tico Santa Cruz, a mesma pessoa que se auto intitula "ou me amam ou me odeiam", esse é o pior padrão de percepção, pois revela uma personalidade desequilibrada que apenas atrai ou repulsa pessoas que pensam igual a você.