Quem sou eu

Minha foto

Durante muitos anos mergulhei em diversas áreas de conhecimento com o objetivo de produzir livros. Estudei filosofia clássica, filosofia moderna, diversos temas de psicologia, pedagogia, sociologia e diversos conhecimentos relacionados a filosofia e a medicina oriental, a qual podemos incluir o budismo, a prática zen japonesa e as medicinas tibetanas, indianas e chinesa.

Agora me considero pronto. Serão dez livros em dez anos. O primeiro #livro já saiu, em 2015, intitulado "Quando os anjos caminham sem asas"

domingo, 3 de janeiro de 2016

Nascer sozinho ...

Um homem ou uma mulher nasce sozinho quando não existe o pai por perto e a mãe morre no parto. A criança nasce chorando junto com o seu destino que começa a desenhar-se com uma projeção cheia de sentimentos, como a angústia, a solidão e a dor. Nascer sozinho representa, para muitos, nascer sem amparo, sem família. Mas, em contrapartida, tendências são apenas tendências. Não representam destinos e não definem os rumos da que cada ser humano. 

Bidth nasceu sozinho. Nasceu feliz, sorrindo e contagiando todos a volta. Um grande mistério que merece ser contado para todos que se interessarem por essa história. Um anjo sem asas que chega no mundo para preencher um espaço vazio em um mundo tão carente de bondade, equilíbrio e amor.